POLÍCIA FEDERAL CONCLUI INQUÉRITO DA OPERAÇÃO ANTRACNOSE

A Polícia Federal concluiu, no dia 07 de janeiro, o inquérito referente à Operação Antracnose, deflagrada em 05 de novembro de 2020 com o objetivo de combater a lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas e crimes contra o Sistema Financeiro Nacional praticados por organização criminosa estabelecida no Vale do Sinos, no Rio Grande do Sul.

Ao final da investigação, foram indiciadas 36 pessoas por tráfico internacional de drogas, organização criminosa e por lavagem de dinheiro, conforme a participação criminal de cada indivíduo.

Em relação a descapitalização da organização, a Polícia Federal obteve o sequestro de 27 imóveis avaliados em 17,8 milhões de reais, bloqueio de 1,8 milhões de reais identificados em contas correntes de 72 empresas e 48 pessoas físicas, 73 veículos, além de 336 animais (cavalos de raça, cabeças de gado e ovelhas).

Após a deflagração da Operação Antracnose, a Polícia Federal identificou que a organização criminosa utilizava os serviços financeiros paralelos executados por doleiros investigados na Operação Yallah, deflagrada no Chuí, em 24 de setembro de 2020, para ocultar valores e possivelmente para remeter recursos ao exterior à margem do Sistema Financeiro Nacional.

A investigação identificou a movimentação de 4 toneladas de cocaína do Paraguai para o Rio Grande do Sul em apenas seis meses.

More articles