20.4 C
Canoas
segunda-feira, outubro 26, 2020

Ministra Damares encontra empresários no RS e pede apoio ao Programa Abrace o Marajó

Leia Mais

Por dentro do jogo Inter 2 x 2 Flamengo

Créditos imagens Ricardo Duarte / Sport Club Internacional O jogo O Inter começou a partida da forma que gostamos de assistir, marcando alto, pressionando o adversário,...

Churín, o novo centroavante

Após a vitória de virada sobre o Athlético-PR por 2x1, o treinador Renato Portaluppi voltou a falar sobre a confiança no grupo e falou...

Com reservas, Grêmio vira o jogo em Curitiba

Grêmio decidiu usar os reservas diante o Athlético-PR na Arena da Baixada já que na quinta-feira enfrenta o Juventude pela Copa do Brasil. Em...

Grêmio poupará titulares contra o furacão

Grêmio encara o Athlético-PR neste domingo lá em Curitiba às 18:15. E pra este jogo, o treinador Renato Portaluppi decidiu poupar alguns atletas já...

Em viagem aos municípios gaúchos de Porto Alegre e Guaporé no último fim de semana, a ministra Damares Alves apresentou o programa Abrace o Marajó a empresários da indústria e do comércio do estado do Rio Grande do Sul.

O evento seguiu as regras de distanciamento social e de higienização determinadas pelos municípios gaúchos. A ministra aproveitou a oportunidade para pedir a doação de cestas de alimentos para a população do arquipélago localizado no Pará.

“A maior obra do governo do presidente Jair Bolsonaro é cuidar de pessoas. Estamos nessa luta durante a pandemia de Covid-19 para levar comida para o Marajó. Viemos pedir que vocês nos ajudem a alimentar aquele povo”, disse a titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) ao falar sobre a iniciativa realizada para garantir o desenvolvimento e a dignidade da população marajoara.

A reunião, realizada nos dias 3 e 4 de outubro, faz parte da articulação para a Operação Pão da Vida. A ação, com foco na segurança alimentar durante a pandemia, tem como meta a entrega de 96 mil cestas em todas as localidades do arquipélago. Cerca de 28,5 mil já foram entregues.

No momento, em razão do período eleitoral, as entregas estão suspensas, mas serão retomadas após as eleições deste ano.

A ação emergencial, que conta com o apoio da Virada Feminina, do Ministério da Defesa e da Marinha do Brasil, já recebeu a doação de cestas básicas do Grupo Carrefour, da Associação Paulista de Supermercados (Apas), da Associação Brasileira de Supermercado (Abras) e da Unilever.

“A solidariedade falou mais alto. Vamos virar esse capítulo escrevendo uma nova história: mais projetos sociais, com mais gente e responsabilidade social. No pós-pandemia teremos muitos problemas, mas vamos juntos encontrar as soluções”, disse a ministra.

Presente em um dos encontros, a presidente nacional da Virada Feminina, Marta Lívia Suplicy, destacou a importância da união na construção de um futuro melhor para o Brasil. “O intuito da Virada Feminina aqui é solidário, emergencial e cívico. Abracem o Brasil e o Marajó”, pediu.

Também acompanhou a atividade a empresária e presidente do Instituto Virada Feminina do Rio Grande do Sul, Neura Trevisol Gomes.

Agenda oficial

Durante a viagem oficial, a ministra também assistiu a apresentações culturais com danças tradicionais do Rio Grande do Sul e visitou a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no estado.

No município de Guaporé, ela esteve ainda em uma fábrica de produção de roupas íntimas que está fazendo doações para o programa. “Eu fico encantada com o empreendedorismo no interior do Rio Grande do Sul. Além de abraçar o Marajó com a gente, essas empresas estão se reunindo para dar emprego para as imigrantes, as venezuelanas. Tem lugar para essas mulheres aqui”, disse Damares.

Abrace o Marajó

Lançado pelo Governo Federal em 2019, o programa busca o desenvolvimento socioeconômico dos 16 municípios que compõem a Ilha do Marajó (PA). As ações são uma resposta estratégica para a recuperação da dignidade humana da população marajoense.

O Marajó possui cerca de 550 mil habitantes. É o maior arquipélago flúvio-marítimo do planeta. Formado por cerca de 2.500 ilhas e ilhotas, tem potencial de desenvolvimento e crescimento, mas, atualmente, conta com oito municípios na lista daqueles com pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil.

More articles

- Advertisement -

Ultimas

Por dentro do jogo Inter 2 x 2 Flamengo

Créditos imagens Ricardo Duarte / Sport Club Internacional O jogo O Inter começou a partida da forma que gostamos de assistir, marcando alto, pressionando o adversário,...

Churín, o novo centroavante

Após a vitória de virada sobre o Athlético-PR por 2x1, o treinador Renato Portaluppi voltou a falar sobre a confiança no grupo e falou...

Com reservas, Grêmio vira o jogo em Curitiba

Grêmio decidiu usar os reservas diante o Athlético-PR na Arena da Baixada já que na quinta-feira enfrenta o Juventude pela Copa do Brasil. Em...

Grêmio poupará titulares contra o furacão

Grêmio encara o Athlético-PR neste domingo lá em Curitiba às 18:15. E pra este jogo, o treinador Renato Portaluppi decidiu poupar alguns atletas já...

Adversário definido

Após empate  diante o América de Cali e a confirmação do primeiro lugar no grupo, tricolor esperou até por volta do meio dia e...