19.5 C
Canoas
segunda-feira, outubro 26, 2020

ESTADO DO RS MENOSPREZA O SER HUMANO E MANTÉM A PROIBIÇÃO DE VISITAS

Leia Mais

Por dentro do jogo Inter 2 x 2 Flamengo

Créditos imagens Ricardo Duarte / Sport Club Internacional O jogo O Inter começou a partida da forma que gostamos de assistir, marcando alto, pressionando o adversário,...

Churín, o novo centroavante

Após a vitória de virada sobre o Athlético-PR por 2x1, o treinador Renato Portaluppi voltou a falar sobre a confiança no grupo e falou...

Com reservas, Grêmio vira o jogo em Curitiba

Grêmio decidiu usar os reservas diante o Athlético-PR na Arena da Baixada já que na quinta-feira enfrenta o Juventude pela Copa do Brasil. Em...

Grêmio poupará titulares contra o furacão

Grêmio encara o Athlético-PR neste domingo lá em Curitiba às 18:15. E pra este jogo, o treinador Renato Portaluppi decidiu poupar alguns atletas já...

Desde o dia  23 de março de 2020, as visitas presenciais no sistema prisional gaúcho foram suspensas, devido ao inicio da pandemia do Coronavírus.
Seria normal se não fosse o Estado estar voltando com as atividades e não pensarem nos familiares das pessoas que estão no sistema carcerário.

A equipe da Real News recebeu, com exclusividade, informação de que na  próxima segunda, dia (05/10), haverá uma grande mobilização em todo sistema carcerário do Estado do RS,  parando as prisões e exigindo o retorno das visitas.

Já se passaram sete meses da pandemia e o Estado abandonou não somente quem esta no sistema carcerário, mas também as famílias, impedindo as visitas.
Usar nesta momento o Coronavírus como desculpa, sendo que as atividades no Estado estão normalizando, é judiar, desrespeitar e afrontar os direitos dos familiares daqueles que lá estão.

Os detentos não estão pedindo nada além de poder verem os seus familiares. Para se ter uma ideia, as visitas aos internos nas unidades prisionais do Rio de Janeiro, segundo o G1, já estão liberadas desde do dia 10/09.
A população cercaria do Estado do RS ultrapassa 40 mil presos e, a partir desta segunda, se não houver a liberação para que familiares façam visitas, o sistema irá entrar em um grande colapso.

Tudo devido a ignorância de um Governador que brinca de pintar bandeiras.
Não estamos aqui passando a mão na cabeça de ninguém, queremos apenas que seres humanos tenham os seus direitos resguardados e possam ver suas famílias.
Ser sensacionalista como alguns gostam de ser e “balançar” na Tv por ai é fácil, quero ver ter a coragem de defender a lei como ela é.

Tentem imaginar o caos que o Estado pode causar se as visitas não forem liberadas. Foi dado uma trégua entre facções para se unirem e terem mais forças. Se acontecer qualquer tragédia, o Estado poderá ser responsável por um grande derramamento de sangue.

More articles

- Advertisement -

Ultimas

Por dentro do jogo Inter 2 x 2 Flamengo

Créditos imagens Ricardo Duarte / Sport Club Internacional O jogo O Inter começou a partida da forma que gostamos de assistir, marcando alto, pressionando o adversário,...

Churín, o novo centroavante

Após a vitória de virada sobre o Athlético-PR por 2x1, o treinador Renato Portaluppi voltou a falar sobre a confiança no grupo e falou...

Com reservas, Grêmio vira o jogo em Curitiba

Grêmio decidiu usar os reservas diante o Athlético-PR na Arena da Baixada já que na quinta-feira enfrenta o Juventude pela Copa do Brasil. Em...

Grêmio poupará titulares contra o furacão

Grêmio encara o Athlético-PR neste domingo lá em Curitiba às 18:15. E pra este jogo, o treinador Renato Portaluppi decidiu poupar alguns atletas já...

Adversário definido

Após empate  diante o América de Cali e a confirmação do primeiro lugar no grupo, tricolor esperou até por volta do meio dia e...