fbpx
15.1 C
Rio Grande do Sul
quarta-feira, agosto 4, 2021

Dr. Fauci – A verdade da fraudemia revelada em e-mails

Nesta terça-feira (1), a brasileira que reside nos Estados Unidos, Cissa Bailey, tornou público mais de 3 mil páginas de e-mails trocados pelo Dr Anthony Fauci, epidemiologista americano.
As primeiras revelações são bombásticas e abalam tudo que sabemos sobre a pandemia do coronavírus desde então.
1. O coronavírus foi produzido em Laboratório
2. O uso de máscara é tão eficaz quanto uma cerca de arame farpado para proteger a passagem de mosquitos

Abaixo, confira mais fatos extraídos dos e-mails do Dr Fauci:
– Fauci negou que o virus fosse feito em laboratório, mas os e-mails agora provam o contrário , no qual cientistas o agradecem por encobrir a origem;

– Havia o conhecimento de que o vírus era uma Arma Biológica e este foi foi um dos motivos que deve ter levado o Fauci a sugerir ao Trump que ele fechasse o pais e a economia imediatamente;

– Contaminação: só ocorre através de pessoas que apresentam sintomas (Email com Kai Kupferschmidt de 4 de Fevereiro de 2020);

– Máscaras: quis declará-las obrigatórias, mas tem muitos e-mails falando que ela não protege, que pode causar doenças, problemas de pele, etc… E ele ainda diz que o dinheiro seria melhor gasto com remédios para prevenção. Alguns destes e-mails são com uma pessoa que foi nomeada pelo Obama e no qual ela pedia dinheiro para ajudar a China a previnir mortes. Fauci chegou ao ponto de dizer que o uso de máscaras era uma ideia muito, muito estúpida.

– Tratamentos: a imprensa e os radicais do governo trataram o Trump como se ele fosse louco por sugerir tratamentos baratos;

– Ligações do Fauci em março de 2020, para o físico Eric Nielsen, sugerem que eles discutiram 2 drogas que seriam eficientes no tratamento: Alvesco (Cyclesonide) e HCQ. O Fauci e a OMS imediatamente recomendaram o não uso destes medicamentos;

– E-mails de março de 2020 mostram que 99% das mortes por “covid” na Itália , que era o hotspot número 1 fora da China, foi por comorbidades e apenas 1% foi por covid. Quando o Trump tuitou esta informação ele foi chamado de louco e irresponsável, mesmo quando o número se repetiu nos EUA.

– Fauci e seu time sabiam exatamente o que tinham que fazer para fechar todo o pais para preparar o terreno para a eleição de Biden;

– Zuckerberg disse que ele estava totalmente preparado para a pandemia e coordenou funções no Facebook com o Fauci para alarmar as pessoas com a ideia de seriam empurradas informações autoritárias sobre o vírus e que as pessoas precisam ter em quem confiar (Facebook);

– Um dos e-mails, de 11 de março de 2020, enviado pelo Adam Gaertner, descreve exatamente como o virus foi criado. O “Subject: Coronavirus bioweapon production method”

– Mark Zuckerberg financiou através do CTCL (The Center for Tech and Civic Life) US$ 350 milhões para criar efetivamente um sistema eleitoral de duas camadas que beneficiou desproporcionalmente os democratas.

– Ao mesmo tempo, Zuckerberg enviou um e-mail ao Dr. Fauci em 15 de março de 2020 e disse: “Também gostaria de compartilhar algumas idéias de como poderíamos ajudá-lo a divulgar sua mensagem”.

– Em 18 de abril de 2020, Peter Daszak, o financiador do Wuhan Lab, enviou um e-mail ao Dr. Fauci agradecendo-o por descartar a teoria do vazamento de laboratório.

Daszak não apenas financiou a pesquisa de ganho de função no Laboratório de Wuhan, mas também foi um dos investigadores principais enviados para investigar o laboratório.

– Pesquisador com extensos laços com o laboratório de Wuhan e que há registros admitindo que estava envolvido com a manipulação de coronavírus, agradeceu ao Dr. Fauci por rejeitar a teoria do vazamento de laboratório.

Estes são os trechos mais importantes dos e-mail analisados por Cissa Bailey até agora (metade dos mais de 3 mil).

Confira o vídeo com as informações de Cissa Bailey sobre o Fauci Gate:

https://youtu.be/ZndkjTK_A1A

Conteúdo Pagospot_img
Emilio Kerberhttp://realnews.com.br
Jornalista, Escritor e palestrante
Ultimas
Conteúdo Pago
Leia também
Conteúdo Pago