fbpx

A mesma praça, o mesmo banco…

Leia Mais

Parecia que o Internacional poderia na noite deste domingo (30) jogar para longe a desconfiança da torcida e os resultados abaixo do esperado e até começou fazendo um jogo que confirmava essa tese. Só que não, não foi dessa vez e o Internacional saiu do Beira Rio com um melancólico 2×2 contra o Sport e só.

Os comandados de Miguel Ángel Ramírez até começaram bem o jogo e pressionaram nos primeiros minutos. Taison e Caio Vidal tentaram por duas vezes batendo para fora nos primeiros 15 minutos. A pressão surtiu efeito aos 16 minutos quando Sander derrubou Caio Vidal na área. O árbitro Vinícius Araújo assinala a marca da cal. Edenílson bate alto no canto esquerdo e abre o placar. O Sport muda a postura e o Internacional segura os ímpetos. Aos 36 minutos Júnior Tavares bate falta na primeira trave e Thiago Neves cabeceia para defesa de Lomba no rebote Rafael Thyere chuta e Lomba novamente evita o gol dos pernambucanos. O Inter foi atrás do segundo gol e aos 43 minutos Maurício tem boa chance, o meia bate em cima da zaga e quase aumenta a contagem. Na cobrança do escanteio, Edenílson cruza para Lindoso cabecear no canto esquerdo de Maílson para aumentar a vantagem colorada. Era o que tinha para o primeiro tempo da partida.

Na segunda etapa Umberto Lozer coloca André e Marquinhos e o Sport passa a ocupar mais os espaços no campo colorado. O Inter não consegue encontrar soluções e só aos 9 minutos assusta Maílson com uma bola na trave de Yuri Alberto. O Sport melhora no jogo e aos 15 minutos Thiago Neves toca uma bola na área, Maurício toca com o braço na bola e o pênalti é marcado. O próprio Thiago bate no meio e diminui o placar. O time de Ramírez continua com mais posse, mas sem conseguir incomodar a defesa rubro negra. Somente aos 27 minutos em falta cobrada por Edenílson a equipe colorada chega próxima ao terceiro gol, a bola passa forte por cima da baliza. Um minuto depois Ramírez põe Nonato e Praxedes nas vagas de Edenílson e Maurício. Praxedes aos 30 tenta um chute forte fora da grande área obrigando Maílson e fazer grande defesa. A próxima cartada do treinador colorado foi Thiago Galhardo que foi para o jogo no lugar de Yuri Alberto. Aos 39 minutos Maxwell, que havia entrado a pouco na equipe pernambucana, aparece livre pela esquerda e bate para fora. Para tentar garantir a vitória Ramírez tira Caio Vidal e Taison e manda Patrick e Palacios para o jogo. Aos 41 minutos o castigo colorado veio, em boa trama Gustavo acha André livre na área e o atacante bate na saída de Lomba para empatar o jogo. O VAR analisa o lance e após alguns minutos o gol é confirmado. Nos descontos Palacios bate forte à esquerda assustando Maílson. O último suspiro colorado foi em uma bola cruzada e após bater na trave foi tocada para Galhardo fazer de letra. O árbitro alega que a bola havia saído antes e anula o gol, porém após a repetição ficou nítido que isso não aconteceu. Era o fim da estreia colorada e o empate teve um gosto amargo para a torcida.

O colorado volta a campo na próxima quinta-feira (30) pela Copa do Brasil ás 19 horas em Salvador onde encara o Vitória.

 

INTERNACIONAL 2X2 SPORT

1ª RODADA CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE A

 INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Lucas Ribeiro, Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Nonato), Taison (Patrick); Caio Vidal (Palacios), Yuri Alberto (Thiago Galhardo) e Mauricio (Praxedes). Técnico: Miguel Ángel Ramírez

SPORT: Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander (Marquinhos); Marcão, Ricardinho, Paulinho Mocelin (Maxwell), Júnior Tavares e Thiago Neves (Gustavo); Mikael (André). Técnico: Umberto Lozer

More articles

- Advertisement -

Ultimas