Vacinação contra a COVID-19 no sábado será por ordem alfabética

Para se evitar filas no drive-thru de vacinação contra a COVID-19 do próximo sábado (10) no Parque de Exposições Assis Brasil, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estabeleceu que a imunização será feita por ordem alfabética a partir do nome dos idosos (das 8h às 9h: letras A a D / das 9h às 10h: letras E a I / das 10h às 11h: letras J a L / das 11h às 12h: letras M a O / das 12h às 13h: letras P a Z). Serão vacinados apenas pessoas a partir de 76 anos que receberam a primeira dose no dia 13 de março no mesmo local. A vacinação será das 8h às 13h. A medida é para evitar acúmulo de carros nas primeiras horas da ação e baixa procura no final.

O drive-thru da SMS será montado, mais uma vez, no Pavilhão da Agricultura Familiar. Para ser imunizado, não é necessário agendar. Basta ir ao Parque com o cartão de vacinação e documento de identidade (entrada pelo Portão 1).

A aplicação da segunda dose será realizada no Parque também nos dias 17 de abril (para quem recebeu a dose inicial no dia 20 de março), 24 de abril (para quem recebeu a primeira dose em 27 de março) e 1º de maio (para quem teve a primeira dose aplicada no dia 3 de abril).

Atualmente, a primeira dose em Esteio está direcionada para idosos com 63 anos ou mais. Temporariamente, até que novas remessas sejam enviadas pelo Ministério da Saúde, não há como fazer o agendamento para a vacinação. Assim que novos imunizantes chegarem ao Município, serão abertas novas datas e horários pelo site www.esteio.rs.gov.br/vacinaou pelos telefones da SMS: 3473-6377, 3473-8964, 3473-0480 e 3458-2824 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h). Idosos acamados ou com dificuldade de locomoção são imunizados em casa, também após agendamento pelos mesmos canais.

Até o final da tarde desta quarta-feira (7), Esteio já havia aplicado a primeira dose em 13.371 pessoas, o equivalente a 16,09% da população. Desses, 1.960 já receberam, também, o complemento do imunizante (2,6% da população). Somando as duas doses, já foram aplicadas 15.331 vacinas, o que representa 86,67% das 17.689 doses recebidas até agora.

Drive-Thru Solidário
Com o slogan “Seja você um presente na vida de alguém”, a Secretaria Municipal da Cidadania e Direitos Humanos (SMCDH) está promovendo o Drive-Thru Solidário. A proposta é que as pessoas que forem ser vacinadas doem 1 litro de leite – ou mais –, que estão sendo incluídos nas cestas básicas que a SMCDH distribui para famílias em vulnerabilidade social. Até a última segunda-feira (5), a ação, iniciada no dia 31 de março, já arrecadou 1,7 mil litros do produto. Apenas no úiltimo sábado (3), durante a vacinação dos idosos no Parque, foram 1.471 litros recebidos.

Drive-thru de vacinação de idosos com mais de 76 anos – Segunda dose
Público: Idosos a partir de 76 anos que receberam a primeira dose no dia 13 de março
Quando: Sábado (10), das 8h às 14h – A SMS solicita que se compareça no período da manhã
Onde: Pavilhão da Agricultura Familiar do Parque de Exposições Assis Brasil – Entrada pelo Portão 1, que fica logo após o Pórtico Principal, na Avenida Independência (marginal da BR-116)
Como agendar: Não há necessidade de agendamento
Documentos a serem apresentados na vacinação: Documento de identidade e cartão de vacinação
Ordem alfabética de vacinação:
Início dos nomes com as letras A, B, C e D – das 8h  às 9h
Início dos nomes com as letras E, F, G, H e I – das 9h às 10h
Início dos nomes com as letras J, K e L – das 10h às 11h
Início dos nomes com as letras M, N e O – das 11h às 12h
Início dos nomes com as letras P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y e Z – das 12h às 13h

Treze remessas
Na última sexta-feira (2), Esteio recebeu mais 4.345 doses da Coronavac e AstraZeneca, encaminhadas pela Secretaria Estadual da Saúde após envio do Ministério da Saúde. Foi a 13ª remessa que chegou ao Município, a maior até agora. Um novo carregamento deve chegar até esta sexta-feira (9).

A primeira leva de vacinas para Esteio, com 649 doses da Coronavac, chegou no dia 19 de janeiro, destinadas para profissionais da área da saúde com contato direto com pacientes contaminados ou com suspeita de COVID-19, idosos que moram em asilos e em seus cuidadores. Dois dias depois, mais 103 doses do imunizante produzido pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, chegaram e foram direcionadas, também, para idosos acamados e servidores do São Camilo que atuam no setor de imagem e, diariamente, têm contato com pessoas contaminadas.

Em 26 de janeiro, chegou à Rede Municipal de Saúde a primeira remessa do imunizante desenvolvido pela anglo-sueca AstraZeneca em parceria com a Universidade Oxford, da Inglaterra, e importado da Índia. O público-alvo das 490 doses foi ampliado para agentes comunitários de saúde que atuam diretamente nas residências, funcionários que trabalham nas áreas assistenciais do Hospital São Camilo, servidores dos centros de Atenção Psicossocial (Caps) e Centro Integrado de Atenção à Saúde (Cias) e equipes de atendimento da Regulação da SMS e da Farmácia Básica Municipal.

Em 2 de fevereiro, mais 972 doses da Coronavac chegaram à cidade. Nesta remessa, também foram vacinados visitadores dos programas Primeira Infância Melhor (PIM), funcionários do Centro Referência em Práticas Integrativas e Complementares de Saúde (Cerpics), trabalhadores da Vigilância Ambiental e servidores dos setores administrativos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e Hospital. Do total, 752 doses foram direcionadas para a aplicação da dose complementar.

No dia 9 de fevereiro, Esteio recebeu mais 1.070 doses da Coronavac. Destas, 860 foram direcionadas para idosos acima dos 85 anos e acamados. Outras 210 foram reservadas para dar sequência à imunização de profissionais da saúde de instituições particulares que prestam serviços para a SMS, que também está sendo realizada.

Em 26 de fevereiro chegaram duas remessas. Foram 820 doses da AstraZeneca e outras 220 da Coronavac, destinadas para serem usadas como dose complementar.

Em março, mais cinco carregamentos de vacina chegaram a Esteio, todas produzidas pela Sinovac/Butantan, destinadas para a imunização inicial de idosos e aplicação da dose complementar tanto de idosos quanto de profissionais da saúde: dia 5 (1.070 doses), dia 10 (1.320 doses), dia 19 (2.150 doses), dia 23 (2.300 doses) e dia 29 (2.180 doses).

À medida que mais imunizantes foram sendo recebidos, a SMS foi baixando a faixa etária dos idosos a serem vacinados e abrindo a vacinação para mais profissionais da saúde, de acordo com as diretrizes e os grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.