Qual o sentido do Natal para você?

Entramos na semana que particularmente é a segunda que mais gosto do ano: O Natal.

Minha semana preferida é a do meu aniversário, e de uma certa forma, tem a ver com a comemoração do Natal, que para os cristãos, é o símbolo do nascimento do Salvador, Jesus.

Creio nisso, assim como, o renascimento de muitas coisas em nossa vida, como por exemplo, da esperança.

Esperança que se vê, não é esperança… mas sim, algo que está totalmente ligado a fé, que é a certeza das coisas que se esperam, porém, não se veem.

Estamos vivendo em uma época que para muitos, a esperança se foi e onde vislumbrar dias melhores nem sequer é uma possibilidade. Também creio que dias ainda mais difíceis nos aguardam pela frente, até porque, basta apenas olhar para trás e ver que nossos pais viveram coisas similares a nós, claro que, sem o isolamento de uma pandemia, mas viveram tempos difíceis.

Quando eu era criança, mais precisamente entre 1985 e 86, lembro-me bem da escassez de carne devido a problemas mundiais, onde meu pai, deixava meus irmãos na fila do açougue antes ainda de raiar o sol para comprar um pequeno pedaço de carne.

Lembro-me ainda, de que pela manhã era comprado um item no mercado por um preço, e logo algumas horas depois, já se pagava quase o dobro devido aos altos índices de inflação.

Relatei aqui, apenas duas dificuldades (talvez as mais simples delas) dentre milhares que a geração anterior passou, mas nem por isso, perdeu a esperança, mas viveu, lutou, enfrentou, e hoje cá estamos, vivendo dias mais difíceis.

Creio que os dias que estamos vivendo, são dias de adaptação, e que estão nos preparando para enfrentarmos o que está por vir.

Pare para refletir neste Natal sobre onde está a tua esperança…

Tudo o que você viveu, todas as dificuldades deste ano, onde talvez, até mesmo a perca de um ente querido você tenha enfrentado (assim como eu).

Tínhamos tudo para perder a esperança, perdermos as forças, o ânimo, mas estamos aqui, na reta final de mais um ano que foi difícil, mas estamos aqui…

Reflita sobre o real “dono da festa” e o significado dele para nós hoje.

Perder algo, sempre vamos, só não perca a esperança.

Viva intensamente este Natal com sua família, mesmo que, sinta falta de alguém a volta da mesa.

Comemore a vida… e o renascimento daquilo que talvez você já tenha até esquecido… a esperança.

Faça um excelente Natal e nunca esqueça de viver de propósito.

Se quiser se conectar comigo, siga minhas redes sociais:

Instagram: @euismaelribeiro
Facebook: @mullerdesenvolvendopessoas
Whatsapp: 51 99853-0619

More articles