População é mal atendida na Farmácia Básica Municipal de Canoas

A necessidade de um auxílio do governo para adquirir medicamentos é uma demanda constante para muitos. Por isso, há as Farmácias Básicas Municipais e Estaduais, que têm por objetivo oficializar e disponibilizar esses medicamentos. Porém, de acordo com relatos de um ouvinte da Real News, na Farmácia Básica Municipal de Canoas o processo para conseguir os remédios está passando por algumas turbulências.

Assim, são distribuídas 20 fichas para atendimento, que incluem registros, entregas de documentação e retirada de medicamentos, na parte da manhã e mais 20 na parte da tarde, totalizando 40 ao longo do dia. No entanto, o tempo levado para esses atendimentos está fazendo com que gere filas de espera, durante horas, em frente à Farmácia.
Desse modo, o ouvinte da Real News contou que chegou ao estabelecimento às 11h30min e permaneceu na fila até as 13h da tarde. Ainda conforme ele, por lá, não há estrutura alguma para essa espera e foi possível acompanhar outros passando pela mesma situação, o que mostraria um desrespeito com os cidadãos. Inclusive, nesse mesmo horário, também na fila de espera, havia um senhor de 83 anos de idade, em pé e embaixo de um sol quente.

Então, chegam os questionamentos dessas pessoas, que precisam dos medicamentos para manter uma vida com saúde. “A gente pergunta o que a prefeitura fez? O que a prefeitura vai fazer? Quem é o responsável pela farmácia Básica do Município? E quem é o responsável pela Farmácia Básica do Estado?”, relatou o ouvinte.

Além disso, também há a dúvida sobre a possibilidade de aumentar a quantidade de fichas distribuídas e qualificar o atendimento, algo que seria viável, segundo os frequentadores da Farmácia. Por enquanto, eles seguem em busca dessas respostas e aguardando quando as melhorias virão e o atendimento ocorrerá de maneira mais organizada e cuidadosa

 

More articles