fbpx

Lâmpada acesa, apagada ou queimada?

Leia Mais

Acredito que todas as pessoas já viram uma lâmpada e reconhecem a sua funcionalidade, bem como, na maioria das casas devem ter pelo menos uma lâmpada ou um foco de iluminação.

Mas então… para quê de fato serve uma lâmpada?

Para as pessoas que não curtem “fazer” para acontecer, talvez serviria para ter um gênio dentro dela, onde pudessem solicitar os seus 3 maiores desejos, serem atendidos e depois, serem felizes.

Bom, não acredito nisso, e se você acredita, está tudo bem (pelo menos para mim) …

Para outros, é a luminosidade que se faz necessário para o caminho, para conseguir discernir as estradas, entender onde tem os buracos, as sinuosidades da estrada para uma caminhada de forma “mais fácil”.

Então… já começo a acreditar um pouco mais nisso, pois entendo que sem caminhada, não existe destino que possa ser alcançável.

Mas para um outro grupo (creio que a minoria) serve apenas para incomodar… isso mesmo… são pessoas que vivem em uma escuridão de pensamentos, invejas, intrigas e tudo de mais negativo que se possa imaginar… daí, quando chega uma pessoa iluminada ela não incomoda pelo fato de brilhar, mas pelo fato de talvez trazer à luz as fragilidades de quem anda na escuridão…

Para estes, talvez, a lâmpada esteja queimada…

Mas enfim, o que será que gera esta escuridão?

Na minha ótica, a falta de convívio com pessoas que possam resplandecer aos outros. Entendo que a luz que emana de uma pessoa não tem a finalidade de expor fragilidades alheias, mas apresentar uma nova forma de enxergar aquilo que a falta de luz nos faz pensar que não é possível a nós.

Acredito que existam apenas dois limites ao ser humano: Um, o que o Criador estipulou… o outro, o que o próprio homem impôs a si próprio pela falta de “clareza”, ou melhor, luminosidade para apresentar as novas possibilidades.

E para você? Como anda a sua lâmpada? Queimada, apagada ou acesa?

Quer se conectar comigo? Siga meu Instagram @euismaelribeiro

More articles

- Advertisement -

Ultimas