fbpx

Anticoncepcional x Trombose: uma relação perigosa

Os contraceptivos orais aumentam de três a quatro vezes o risco, sabia?

Leia Mais

Nos últimos dias temos visto toda a polêmica envolvendo a vacina AstraZeneca, que inclusive foi suspensa por vários dias em países da Europa, por causar tromboembolia após a administração da vacina. Conforme a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), 30 dos mais de cinco milhões de pessoas vacinadas com as doses desse fabricante sofreram um trombo.

O ruído gerado em torno da questão abriu gancho para outro debate também: Por que não existe a mesma preocupação quanto ao risco de tromboembolia ao tomar anticoncepcional?

Mito? Invenção? NÃO. Segundo alguns ginecologistas, tanto os anticoncepcionais orais como todos os outros métodos contraceptivos que liberam hormônios estão relacionados à maior chance de eventos tromboembólicos e podem quadruplicar as chances, principalmente em mulheres que já tenham tendência a problemas cardiovasculares.

Ultimamente ouvimos muito falar sobre as pílulas com menores doses hormonais. Elas realmente diminuíram o risco desse tipo de complicação nos últimos anos. Mas ainda assim, todo cuidado é pouco pois a relação entre trombose e o uso destes métodos já é bem consolidada na literatura médica. A constituição destes métodos contém hormônios como o estrogênio e a progesterona que alteram a coagulação sanguínea, já que nossos vasos apresentam receptores para estes hormônios, portanto, eles também são atingidos com o uso da pílula.

Mulheres com histórico familiar ou pessoal de trombose possuem uma predisposição para a formação de trombos. O mesmo vale para quem sofre de obesidade, deficiências nos fatores coagulantes, ou mesmo quem é fumante ou sedentária. Pra se ter uma ideia de como fatores de risco associados podem ser perigosos, estudos evidenciaram que mulheres fumantes que tomam anticoncepcionais combinados tem um risco quase nove vezes maior de trombose.

Por isso é essencial que a mulher procure um ginecologista para a escolha individualizada do seu método contraceptivo ideal. Tomar por conta própria, nem pensar! 😉

More articles

- Advertisement -

Ultimas